Curitiba cria banco de sangue canino e cães da polícia são os primeiros a doar

A cidade de Curitiba, no Paraná, criou um banco de sangue canino para ajudar na emergência de hospitais veterinários que atendem vítimas de atropelamento, intoxicação, câncer e outras doenças.

O Fred, um rottweiler de dois anos que trabalha na Guarda Municipal de Curitiba, foi um dos primeiros doadores do projeto. A medida é para incentivar os donos de cachorros com 25 quilos ou mais, com idade entre um e oito anos, sem raça específica, a colaborar na doação. O programa está aberto a todos os moradores.

O médico veterinário João Amádio diz que muitos cães morrem por falta de sangue na hora da necessidade.

— Com o centro de hemoterapia canina, os proprietários de cães vão poder contar com sangue analisado e de procedência garantida.

Segundo a prefeitura, qualquer dono poderá pedir sangue no banco. O sangue pode ficar estocado por até um ano.

Fonte: http://noticias.r7.com/cidades/curitiba-cria-banco-de-sangue-canino-e-caes-da-policia-sao-os-primeiros-a-doar-16112014